Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 144

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 145

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 146

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 147

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 148
Jornal de Picos :: Notícias de Picos e macrorregião
Página Inicial

Siga-nos:

20.5.2022

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Estadual

Com 159 mil cadastros do NIS vencidos, consumidores podem perder tarifa social de energia

Redação 

29/09/2021

Um levantamento divulgado nesta terça-feira (28) pela Equatorial Piauí, em parceria com a Secretaria da Assistência Social e Cidadania (SASC), mostra que 159.802 mil cadastros do Número de Identificação Social (NIS) estão vencidos no Piauí e 41.673 mil estão prestes a vencer. O cadastro atualizado é requisito para o consumidor ter acesso ao benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE).

De acordo com os dados, em Canavieiras, por exemplo, 69,42% dos clientes baixa renda podem perder o direito a descontos de até 65% na fatura de energia. O índice também é elevado em outras cidades, como Aroeiras do Itaim (63,77%), Vila Nova do Piauí (62,34%), São João da Serra (61,66%) e Floresta do Piauí (59,74%).

“Além da busca ativa desse público, também precisamos de uma mobilização da população para assegurar que o benefício da Tarifa Social chegue a um número cada vez maior de piauienses. Na fatura de energia consta o status atual do cadastro do cliente como forma de alertar quando o mesmo precisa ser atualizado para que o beneficiário não perca o subsídio”, declara a Consultora de Relacionamento da Equatorial Piauí, Patrícia Araújo.

Segundo a Equatorial, só no ano passado, mais de 200 mil piauienses foram alcançados com o benefício pela tarifa social. Para não perder, é necessário que o cliente mantenha seu cadastro do NIS atualizado a cada dois anos.

Além dos clientes baixa renda já beneficiados, existem 95 mil famílias com potencial para receber o benefício no estado. A Lei Nº 14.203, de 10 de setembro de 2021, buscar criar uma sistemática para facilitar o cadastro dos consumidores, mas ainda precisa de regulamentação da ANEEL. 

“Existe uma grande demanda de atualização de cadastros, onde pessoas ou famílias que estão com cadastro do NIS desatualizado há mais de dois anos, precisam se dirigir ao CRAS mais próximo para fazer sua atualização. Esperamos que a população também possa colaborar para continuar recebendo o benefício”, declara Roberto Oliveira, Gerente Estadual do Cadastro Único e Bolsa Família.

A Tarifa Social de Energia Elétrica é um programa do Governo Federal que auxilia as famílias no orçamento mensal. Para ter acesso ao benefício é necessário manter ativo o Número da Identificação Social (NIS), que deve ser atualizado a cada dois anos nos CRAS dos municípios. A atualização também pode ser realizada no site da SASC, por meio do endereço eletrônico www.sasc.pi.gov.br.

Como atualizar o cadastro

A atualização cadastral a cada dois anos pelos beneficiados é obrigatória e faz parte do conjunto de regras do programa implementado pelo Governo Federal.O responsável pelo NIS deve procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município para efetuar a regularização do cadastro. Caso o cliente não consiga o deslocamento até o CRAS, o cliente consegue se recadastrar também no site da SASC, no link: https://www.tsee.com.br/pi

Hérlon Moraes (Com informações da Equatorial)
redacao@cidadeverde.com

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

20-05-2022 :: Vereador Chaguinha apresenta requerimento solicitando audiência pública para tratar sobre a causa animal em Picos

20-05-2022 :: Decreto determina volta às aulas no dia 23 e autoriza corte do ponto de grevistas

19-05-2022 :: Piauí volta a registrar óbito por covid-19, diz Sesapi

18-05-2022 :: Piauí registra um caso e três óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas

18-05-2022 :: 'Ainda estamos em um momento de surto', alerta superintendente da Sesapi sobre dengue

17-05-2022 :: Secretários municipais debatem ações para descentralização da saúde no Piauí

17-05-2022 :: Piauí segue com falta de reagentes para testagem da dengue, alerta secretário de Saúde

17-05-2022 :: Piauí lidera ranking nacional de cadastros da Tarifa Social de Energia Elétrica

14-05-2022 :: Ministério reduz vacinas BCG ao Piauí e Sesapi pede uso racional aos municípios

14-05-2022 :: Piauí registra apenas 1 caso de covid-19 nesta sexta-feira

13-05-2022 :: No Piauí, 37 municípios não atingem 60% de vacinação e seguem sem liberar máscara

09-05-2022 :: Piauí já soma 6.338 casos prováveis de dengue em 2022, diz Ministério da Saúde

09-05-2022 :: Quase 103 mil pessoas já receberam a 4ª dose da vacina contra a Covid-19 no Piauí

07-05-2022 :: Piauí está há 7 dias sem registrar óbito por Covid, afirma Sesapi

06-05-2022 :: Lei garante presença de intérprete de Libras em partos para gestantes surdas no Piauí

[ Todas desta coluna ]

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.