Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 144

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 145

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 146

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 147

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 148
Jornal de Picos :: Notícias de Picos e macrorregião
Página Inicial

Siga-nos:

20.9.2021

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Política

Só cinco siglas tentaram barrar fundo eleitoral 'turbinado'

Redação 

17/07/2021

Uma tentativa de barrar o fundão eleitoral que praticamente triplicou os repasses públicos para campanhas políticas teve o apoio de apenas cinco partidos. Cidadania, PSOL, Podemos e PSL foram os únicos a apoiarem uma mobilização feita pelo Novo para rejeitar o fundo de R$ 5,7 bilhões incluído na votação, anteontem, da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) no Congresso. Atualmente, 24 partidos políticos têm representação na Câmara dos Deputados.

O Novo apresentou ao plenário um pedido de alteração do texto-principal, o chamado "destaque", para retirar das regras do Orçamento a previsão de um cálculo para o financiamento de campanha. Com isso, o montante teria de ser definido na Lei Orçamentária Anual (LOA), a ser entregue pelo governo ao Congresso até agosto. Como há necessidade de cortar recursos, isso dificultaria o aumento. O pedido, porém, não conseguiu convencer a maioria das legendas.

A votação desse destaque apresentado pelo Novo foi simbólica, ou seja, sem a contagem nominal de votos. Dessa forma, não é possível saber exatamente como votou cada parlamentar em relação a esse tema, especificamente. A única votação nominal feita refere-se ao texto geral da LDO, que tratava de toda aplicação do dinheiro público no País, e não apenas de repasses para campanha.

As lideranças do Cidadania, PSOL e Podemos se manifestaram em apoio ao pedido do Novo. Cerca de 15 minutos após o encerramento da votação, o PSL também se manifestou favorável. "Os deputados estão me acionando bastante para deixar registrado somente que o partido é contra o fundo eleitoral nos moldes em que está", disse o deputado general Peternelli (PSL-SP), em nome do seu partido.

Na Câmara, Cidadania (8), PSOL (9), Podemos (10), PSL (53) e Novo (8) somam 88 deputados, mas seriam necessários 257 votos para a aprovação do destaque.

"Nós somos contrários ao uso de dinheiro público para financiamento de campanhas. Na nossa opinião, dinheiro público tem que ser utilizado para a saúde, para a segurança e para a educação. Não faz nenhum sentido, na nossa visão, todos os cidadãos brasileiros pagarem essa conta, todos os cidadãos brasileiros financiarem partidos políticos e financiarem campanhas", disse a deputada Adriana Ventura (Novo-SP), ao defender o destaque no plenário.

Anteontem, o Congresso decidiu turbinar o financiamento das campanhas eleitorais de 2022, com uma mudança nas regras apresentada de última hora. A alteração na construção do Orçamento do próximo ano reserva R$ 5,7 bilhões para as campanhas do ano que vem. Esse montante (sem descontar a inflação) de dinheiro público representa um aumento de 185% em relação ao valor que os partidos obtiveram em 2020 para as disputas municipais - R$ 2 bilhões. É também mais que o triplo do que foi destinado às eleições de 2018, quando foi distribuído R$ 1,8 bilhão.

 

Estadão Conteúdo

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

16-09-2021 :: Câmara recoloca quarentena no novo Código Eleitoral

13-09-2021 :: Atos contra Bolsonaro misturam direita e esquerda rachadas

10-09-2021 :: Câmara aprova texto-base do projeto de quase 900 artigos que muda toda a lei eleitoral

10-09-2021 :: Presidente diz que não teve intenção de agredir outros Poderes

07-09-2021 :: Marcelo Castro descarta plano B e manda recado a quem questiona nome de Rafael

25-08-2021 :: TRE-PI suspende concurso público 2021 por falta de previsão orçamentária

24-08-2021 :: Crise com Bolsonaro preocupa até ministros mais bolsonaristas

23-08-2021 :: João Vicente intensifica viagens ao interior e confirma desejo de candidatura

21-08-2021 :: Presidente veta fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões para 2022

18-08-2021 :: Em Teresina, Lula diz que não teme terceira via em encontro com 9 partidos

17-08-2021 :: Apoiadores de Lula e Bolsonaro entram em confronto no aeroporto de Teresina

16-08-2021 :: Progressistas já admitem candidatura de Iracema Portella ao governo em 2022

16-08-2021 :: Chaguinha participa do Encontro de Presidentes das Câmaras Municipais do Vale do Itaim

13-08-2021 :: Picos: Poder Legislativo prestará homenagem ao Dia do Advogado

13-08-2021 :: 2022: siglas poderão ter R$ 7 bilhões de verba pública

[ Todas desta coluna ]

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.