Logo

AUDIVISUAL

Filme de Douglas Nunes é pré-selecionado para concorrer ao edital de cinema

Relação com as 35 propostas que tiveram a inscrição finalizada foi divulgada mês passado pela Secretaria Estadual de Cultura

JP on line  

09/12/2017

Foto: Jornal de Picos

clique para ver a foto em tamanho real

Cineasta picoense, Douglas Nunes.

O filme documentário O Vale das Falenas, do cineasta picoense Douglas Nunes foi habilitado para concorrer habilitados para concorrer ao Edital Piauí de Seleção de Projetos Audivisuais. Outras 34 produções estão na lista divulgada no último dia 20 pela Secretaria Estadual de Cultura.

 

No dia dezesseis de novembro de 2017, reuniram-se os representantes da Secretaria de Estado de Cultura do Piauí, para a avaliação das propostas inscritas no edital Piauí de seleção de projetos audiovisual nº 01/2017, cujo objeto é a seleção de projetos habilitados e inabilitados no referido edital.

 

Conforme relatório do Secult/PI, após analisada a documentação, nos termos do item 8 do edital, trinta e cinco propostas tiveram a inscrição finalizada, dentre as quais a do picoense Douglas Nunes.

 

A Secretaria Estadual de Cultura – Secult divulgou no último dia 20 a lista dos filmes habilitados para concorrer ao Edital Piauí de Seleção de Projetos Audiovisuais. Ao todo, foram habilitadas 35 propostas, em várias categorias. Essas propostas agora serão encaminhadas à comissão julgadora, formada por três membros, com notório conhecimento na área.

 

Será analisada a relevância dos temas propostos, além da técnica e compatibilidade entre o orçamento e o roteiro da obra escrita. O edital vai contemplar 20 projetos audiovisuais, com um investimento de R$ 6 milhões.

 

O edital visa apoiar projetos independentes de obras audiovisuais, com relevância artística e cultural através de conceito, conteúdo e capacidade de preencher lacunas sociais, culturais e históricas. Os filmes devem ser inéditos e serão aceitos projetos dos gêneros de ficção, animação e documentário.

 

Os recursos são oriundos do Governo Federal, através do Fundo Setorial do Audiovisual, da Agência Nacional do Cinema (Ancine) e do Tesouro Estadual, através do Programa de Trabalho – Democratização e Difusão das Artes Criativas e da Cultura Piauiense.

 

Habilitados

 


© 2009 Jornal de Picos — Todos os direitos reservados. E-mail: jornaldepicos@jornaldepicos.com.br