Logo

EVENTO

Palestras e lançamentos de livros marcam Seminário de Literatura em Picos

O evento foi organizado pela Academia de Letras da Região de Picos (Alerp), gestão do poeta Vilebaldo Rocha

Por José Maria Barros  

20/10/2018

Foto: José Maria Barros

clique para ver a foto em tamanho real

Alerp realiza mais um Seminário de Literatura Piauiense e Picoense.

Palestras com temas ligados a cultura e lançamentos de livros, marcaram a programação alusiva ao 15º Seminário de Literatura Piauiense e 12º de Literatura Picoense. Promovido pela Academia de Letras da Região de Picos, o evento aconteceu nos dias 19 e 20 de outubro, no auditório “Desembargador Edvaldo Pereira de Moura”, da Alerp.

 

CONFIRA AS IMAGENS!!!

 

A abertura do seminário foi feita pelo presidente da Alerp, poeta Vilebaldo Rocha, às 20 horas de ontem, 19. Em seguida, a professora e poetisa Olívia Rufino proferiu a palestra com o tema: “Picos: um abraço de educação, arte e cultura”.

 

Ainda na noite de ontem aconteceu o lançamento do livro do escritor e membro da Alerp, Francisco de Assis Sousa.

 

Na manhã deste sábado, 20, aconteceu encontro das academias de letras do município de Picos. Depois a professora e poetisa Deolinda Marques proferiu palestra com o tema: “O Hino de Picos: uma composição poética”. Teve ainda o lançamento dos livros de Samuel Nascimento e da poetisa Ana Maria Coutinho Feitosa.

 

A programação seguiu à tarde, com palestra da professora da Universidade Federal do Piauí-Campus de Picos, Cristiane Feitosa Pinheiro, que abordou o tema: “Miguel Guarani e a gramática de uma vida polissêmica”.

 

Concluindo a programação o escritor e membro da Academia Piauiense de Letras, Francisco Miguel de Moura, lançou o seu livro intitulado: “Minha história de Picos”.

 

Retomada do projeto

 

O Seminário de Literatura Piauiense e Picoense não era realizado há dois anos e o projeto foi retomado agora em 2018 e, segundo o presidente da Alerp, Vilebaldo Rocha, deve ter prosseguimento.

 

“Esse seminário é alusivo ao aniversário da Alerp, que é dia 2 de outubro. Era para ser realizado todos os anos, mas, às vezes, infelizmente, faltam recursos e as pessoas cobram a presença de escritores de nível nacional e não temos condições de trazê-los. Mas nós temos aqui, escritores de nível nacional, falta apenas difundi-los” – ressaltou Vilebaldo Rocha.

 


© 2009 Jornal de Picos — Todos os direitos reservados. E-mail: jornaldepicos@jornaldepicos.com.br