Página Inicial Construtora - casa

Siga-nos:

22.12.2014

Opinião

"para todos colega de picos sou paulo filho do finado zeca da rua da malva com saudades dos meus irmaoos e irma pionga estamos com saudade abraço "


De: paulo jose de sousa em guainases-sao paulo, 20/08/2014 14:55:35h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Geral

Homenagem

Padre Francidilso Silva recebe titulo de cidadania Simonense

O título é pelo relevante trabalho prestado ao povo de Simões‏

Daniela Meneses 

06/12/2013

Ascom

clique para ver a foto em tamanho real

Padre Francidilso Silva

Na tarde da última quarta-feira (4), aconteceu na Câmara de Vereadores de Simões, a seção solene, que concedeu ao Padre Francidilso Silva do Nascimento, o titulo de Cidadão Simonense.

Através do Projeto de Decreto Legislativo 003/2013, de autoria dos Vereadores Francisco Ângelo da Silva (PDT) e Francisco Janailson de Carvalho (PDT), que foi aprovado por unanimidade dos Vereadores de Simões, o Reverendíssimo Pe. Francidilso tornou-se um cidadão simonense. O maior de todas as honrarias que o poder legislativo pode conceder a um cidadão, pelo seu trabalho em prol do povo do município.

A fundamentação dos Vereadores, no Decreto Legislativo, é baseada no relevante serviço prestado a Paróquia de Simões e a sua instituição religiosa que tão bem dirige na Igreja Católica Apostólica Romana junto à comunidade, a assistência ao seu povo e valorização dos mesmos, bem como no incessável trabalho com a juventude, possibilitando uma alternativa de vida digna e longe das alternativas de morte, como as drogas, prostituição, depressão e outros.

Estiveram presente nesta Seção Solene, além dos Vereadores, o Prefeito Municipal Francisco Dogizete Pereira, além de lideres das comunidades, pastorais e movimento, de toda a paróquia de Simões, bem como a mãe do Pe. Francidilso, Dona Nazaré Silva.

No seu discurso, o Jovem Sacerdote, reafirmou o seu amor pela Paróquia de São Simão e seu povo, bem como, afirmando ainda que o Titulo de Cidadão Simonense não pertence apenas a ele, mas a todo o povo que faz a Paróquia de São Simão.

"Quando cheguei aqui nessa terra, coloquei meus pés no chão e o meu coração na vida deste povo... O povo de Simões fez e faz parte da minha vida sacerdotal... Trago as palavras de Santo Agostinho, quando nos diz que nós só conseguimos amar aquilo que nós conhecemos, eu amo esse povo, pois pude conhecê-los nesses um ano e quatro meses que estive frente a Paróquia de São Simão” afirma o Pe. Francidilso Silva do Nascimento.

O Padre Francidilso Silva, que atuou junto a Paróquia de São Simão, e que em 1º de janeiro de 2014, será transferido para o Seminário Menor, na cidade de Picos, acredita que Simões faz parte de sua história, e que jamais esquecerá esse povo querido.

“No pouco tempo que passei por aqui pude conhecer o povo, e amar cada um. E hoje Eu dobro-me, para dizer que O CHÃO DESTA PARÓQUIA DE SÃO SIMÃO É TERRA SANTA, E NÓS DEVEMOS RESPEITO, POIS AQUI VIVE UM POVO DE DEUS E QUE MERECE RESPEITO E CUIDADO! Eu dedico esse titulo de Cidadão Simonense a todos os pobres, todos os necessitados e todo o povo de Deus aqui nesta paróquia. Muito Obrigado e que Deus os abençoe!" finaliza o Pe. Francidilso Silva.

CONHEÇA UM POUCO MAIS SOBRE O PADRE FRANCIDILSO SILVA DO NASCIMENTO:

Francidilso Silva do Nascimento, teve seu princípio, o marco inicial de sua existência, no Coração do próprio Deus. Trata-se de uma história divina, mas com imediações humanas, por isso, o Pe. Francidilso marcou o tempo com o seu nascimento que se deu dia 19/06/1987. Tendo como progenitores Francisco Silva do Nascimento (in memória) e Maria Nazaré da Silva. À sua família pertencem seus irmãos: Francinária Silva do Nascimento, que o precede na existência e Francinaldo Silva do Nascimento, que o sobrevém na ordem da irmandade.

Não obstante à realidade das crianças do nosso tempo, o estudo foi parte significativa de sua vida. Estudou o ensino infantil e alfabetização na escola Ricardina Neiva e Rotary Club. Também durante a infância morou na cidade de Amarante do Piauí de 1993-1994, onde cursou a 1ª série do Ensino Fundamenta I, na Unidade Escolar Eduardo Ferreira. Retornando para Picos no ano de 1994 fizeram parte de seu itinerário estudantil outras instituições.

O jeito extrovertido e seu apreço pela música contextualizam sua vida. É certo, quando menino suas brincadeiras prediletas eram: futebol, fazer show brincando de banda musica e brincar de “celebrar missa”.

Certamente o ambiente eclesial doméstico e o incentivo de pessoas muito importantes na sua vida fizeram com que o desejo de ser padre se despertasse em seu coração. Era um menino dedicado ao serviço do altar, sempre esteve disponível a servir. Depois começou a participação no grupo de jovens – Juventude Semente de Cristo, no qual continuou o empenho na evangelização da juventude. Viveu um momento decisivo e de discernimento vocacional na II Missão Jovem, que participou ativamente como missionário. Depois desta experiência começou a participar dos encontros vocacionais. Uma característica peculiar é o fato de sempre ter sido estudioso.

Depois da fase de encontros vocacionais e discernimento do chamado de Deus, ingressou no Seminário Menor São José no dia 25/01/2002. Cursou o ensino médio no Seminário Menor. Mediante aprovação de vestibular e parecer favorável de seu formador, ingressou no Seminário Interdiocesano “Sagrado Coração de Jesus”, onde realizou sua formação dos anos 2005 a 2011, sendo que 2005 a 2007 morou na Casa da Filosofia Dom Edilberto Dinkelborg e cursou o Bacharelado em Filosofia. E de 2008 a 2011 morou na Casa da Teologia e Cursou o Bacharelado em Teologia também no Instituto Católico de Estudos Superiores do Piauí - ICESPI.

No dia 10 de julho de 2010 recebeu o Ministério de Leitor da Palavra de Deus; no dia 15/01/2011 recebeu o Ministério de Acólito; aos 26 de dezembro de 2011 foi ordenado Diácono para o serviço ao povo de Deus, onde parte do tempo exerceu sua função diaconal na Paróquia São Francisco de Assis, no Bairro Junco em Picos, bem como teve a experiência por alguns meses na TV Século 21, em Valinhos – São Paulo. E, no dia 01 de julho de 2012, aos pés da Virgem dos Remédios, pela imposição das mãos do Bispo Diocesano Dom Plinio José Luz da Silva, foi realizado a sua Ordenação Presbiteral, tornando-se assim, Persona Christi, sacerdote eternamente.

No dia 04 de agosto de 2012, a nossa Comunidade Paroquial de São Simão, festivamente, acolhe o Pe. Francidilso Silva do Nascimento, com apenas um mês de ordenado sacerdote, foi o 3º pároco desde que Simões passou a ser Paróquia. São Simão foi a sua primeira paróquia, e como disse o mesmo no discurso de posse, ‘a menina dos seus olhos’. Já faz um ano e três meses de missão, é publico e notório o trabalho deste padre jovem, que se destaca principalmente com os nossos jovens, e pastoreia 61 comunidades, incluindo as cidades de Simões, Caridade do Piauí e Curral Novo do Piauí.

Um Sacerdote preocupado com o seu rebanho, decidiu viver em comunidade não apenas para celebrar a eucaristia, mas também para ouvir o clamor do povo, e buscar junto com os paroquianos, uma alternativa para, ao menos, aliviar as dores daqueles que sofrem. Assim, exerceu mais que sua função de pároco, foi amigo, pedreiro, ajudante, planejou, construiu, oportunizou moradia aos desabrigados, deu de comer aos que passavam fome, brigou por água por aqueles que não tinham. Buscou viver o cristo em si, se doando inteiramente a missão confiada por Deus.

Ainda na seara social, olhou de modo especial as famílias na zona do minério de ferro, que estavam sendo desrespeitadas por empresas que não pensavam no bem do povo, mas sim, no seu crescimento econômico. Assim, uniu forças com seus irmãos no sacerdócio e o Bispo Diocesano, onde, numa oportunidade, os trouxeram até esta realidade, e lá, o clero da Diocese de Picos, representado pelo Bispo e alguns sacerdotes, ouviram o clamor do povo.

Esteve sempre presente nas pastorais, incentivando o povo de Deus a viver sua Fé com intensidade e convicção. Assim formou, orientou e oportunizou um serviço pastoral amplo que não se restringisse apenas a uma minoria, mas que estivesse aberto a todos aqueles que se identificassem com tal.

Mas que um confessor, foi um jovem orientador, que se colocou a disposição do povo, ouvindo-os, buscando ajuda-los a tomarem a decisão certa em suas vidas, pois sempre acreditou na possibilidade de transformação do ser humano, para uma vida digna e próxima de Deus. Passou a ter, mais ainda, um carinho especial por esta paróquia e seu povo, onde o mesmo, ao celebrar a 82ª Festa de São Simão, afirmou publicamente estar ‘escandalosamente apaixonado por esta paróquia’.

“Um sacerdote jovem, que no inicio de sua missão como pároco surpreendeu a muitos, com sua garra e seu jeito humano de levar o povo a Deus. Certa vez, estávamos na secretária paroquial, aonde chegou um ancião e ao olhar para o Padre Francidilso perguntou: ‘Seu moço o padre está ai?’, e ele sorridente responde: ‘Sim, eu sou o padre. Pois não?’ Aquela atitude me deu a certeza que o Padre Francidilso, além de surpreender a muitos com sua determinação juvenil, faria muito por nossa paróquia, e fez” relata um de seus paroquianos.

Revitalizando as comunidades, deu um novo brilho ao trabalho pastoral e trouxe esperança ao povo das mais diversas localidades da Zona Rural. Inseriu os jovens nos trabalhos pastorais, possibilitando assim que os mesmos sejam mais visto, consequentemente, tirando-os de uma vida ociosa e da vulnerabilidade às alterativas de morte, como as drogas, prostituição e depressão. Em números, nesse pequeno espaço de tempo que o Padre Francidilso Silva do Nascimento esteve frente aos trabalhos pastorais da Paróquia de São Simão, cerca de 21 grupos de jovens foram formados, e com eles dezenas de comunidades revitalizadas, e esse número tende a crescer, graças a formação continuada que os jovens fazem em toda a paróquia.

Levou a Paróquia de São Simão a ser mais vista por aqueles que não a conhecida. Com a fama de Sacerdote Trabalhador, deixou seu recado quando outrora fora perguntado se o mesmo teria algum medo, e sem excitar respondeu: “O meu único medo é de meu povo ser desrespeitado, pois também eu serei desrespeitado, e jamais permitirei isso!”.

Hoje, merecidamente, a Câmara de Vereadores de Simões, concede o Titulo de Cidadania Simonense, por reconhecer que, mesmo em pouco tempo, o Padre Francidilso Silva do Nascimento, tornou-se um grande simonense, dedicando-se incansavelmente a causa do evangelho e ao bem estar do povo de Deus presente na Paróquia de São Simão, em Simões – Piauí.

PASCOM Simões

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

19-12-2014 :: Sindserm convoca eleição geral da diretoria

15-12-2014 :: Realizado em Picos I Festival de Cinema

08-12-2014 :: Picos sedia I Festival de Cinema Nacional

05-12-2014 :: Picos terá orçamento de mais de 244 milhões de reais em 2015

03-12-2014 :: Arinaldo Leal é reeleito presidente da APPM

30-11-2014 :: Fiéis lotam igreja na abertura da Festa da Padroeira

29-11-2014 :: Vereador pede adiamento de sorteio do Programa Minha Casa Minha Vida

29-11-2014 :: Palestra com Edwar Castelo Branco marca abertura de seminário

25-11-2014 :: MP investiga denúncias de irregularidades no Hospital Regional

25-11-2014 :: Evandro Lopes apresenta trabalho em Semana do Aparelho Digestor no Rio

24-11-2014 :: Prefeitura de Picos realiza teste seletivo para Programa Estação da Juventude

14-11-2014 :: Distritos Policiais de Picos estão abandonados

13-11-2014 :: Alerp realiza XIII Seminário de Literatura Piauiense e X de Literatura Picoense

12-11-2014 :: Chaguinha ministra palestra na R. Sá

09-11-2014 :: Câmara concede cidadania picoense ao empresário Lenício Carneiro

[ Todas desta coluna ]

Corretor de Imoveis - ... Óticas Riveliny - .

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.