Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 14 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 144

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 14 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 145

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 14 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 146

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 14 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 147

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 14 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 148
Jornal de Picos :: Notícias de Picos e macrorregião
Página Inicial

Siga-nos:

18.1.2020

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Polícia

Reviravolta

Justiça decreta prisão de advogado que matou cabo do Exército em Picos

A decisão foi tomada às 15h30 de ontem, 27 de abril, pelo juiz da 3ªVara da Comarca de Picos, Geneci Benevides Ribeiro

Da Redação JPonline  

28/04/2010

JPonline

clique para ver a foto em tamanho real

Advogado Jefferson Moura Costa está foragido da justiça.

Sensível ao clamor da sociedade e visando manter a preservação da ordem pública, o juiz da 3ª Vara da Comarca de Picos Geneci Benevides Ribeiro, decretou às 15h30 de ontem, 27 de abril, a prisão preventiva do advogado Jefferson Moura Costa, que na noite do último domingo, 25, assassinou a sangue frio e com um tiro no peito o cabo do Exército Arione de Moura Lima, de 23 anos.
        
Após tomar a decisão, o juiz Geneci Benevides Ribeiro expediu cópias do mandado de prisão ao comandante do 4º Batalhão Policial Militar, major Vicente Carlos e ao Delegado Regional de Polícia Civil de Picos, Ewerton Ferrer, solicitando deles o empenho na captura do assassino. Entretanto, até o início da tarde desta quarta-feira, 28, o criminoso ainda não tinha sido localizado.
        
A prisão preventiva do advogado Jefferson Moura Costa foi decretada poucas horas após ele se apresentar à polícia, prestar depoimento e ser liberado. O fato causou revolta da comunidade picoense, que qualificou a atitude do delegado Regional de Polícia Civil Ewerton Ferrer, como um estímulo à violência e a impunidade.
        
Jefferson se apresentou ao Delegado Regional de Polícia Civil Ewerton César, acompanhado do advogado criminalista Gleuton Portela Araújo. Durante o seu depoimento, o acusado assumiu a autoria do tiro que matou o militar e apresentou algumas justificativas para o crime, que teve ampla repercussão em Picos e em toda a grande região. Em seguida ao depoimento ele foi liberado, deixou o prédio da Central de Flagrantes acompanhado por quatro “seguranças”, saiu em disparada em uma caminhonete vermelha e não foi mais visto.
        
Diante da repercussão negativa provocado por sua atitude de liberar o acusado, o delegado Ewerton Ferrer se dirigiu ainda pela manhã de ontem ao Fórum “Governador Helvídio Nunes de Barros” e entregou pessoalmente ao juiz da 3ª Vara, Geneci Benevides Ribeiro, o pedido de prisão preventiva do assassino confesso do cabo do Exército.
        
Depois de receber parecer favorável do promotor de Justiça Assuero Stevenson Pereira Oliveira e analisar detalhadamente o processo, o juiz Geneci Benevides Ribeiro resolveu decretar a prisão preventiva do advogado Jefferson Moura Costa e solicitar às forças policiais o empenho no sentido de localizá-lo e capturá-lo com o máximo de urgência.
 
“Diante do exposto, e preenchidos os requisitos legais – prova da materialidade do crime e autoria previstos nos fundamentos estatuídos nos artigos 311 e seguintes do CPP, decreto a prisão preventiva do representado, vez que a sociedade anseia pelo fim do sentimento de impunidade, primando pela rápida e efetiva resposta da justiça”, escreveu o juiz Geneci Benevides, determinando ainda que fossem feitas a busca e apreensão da arma e outros objetivos que interessam à prova do homicídio.
        
Desde o momento da expedição do mandado de prisão que o assassino confesso do cabo do Exército Arione de Moura Lima é tido como foragido da justiça. Após receber a cópia com o mandado de prisão, a polícia deu início às diligências, montando, inclusive, barreiras nas saídas da cidade. Policiais que estão à procura de Jefferson, mas até o momento não obtiveram nenhum êxito.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

coruja :: corujadajustica@hotmail.com
201.59.199.146 :: 03-05-2010 :: 10:02:24
ô querido advogado você sabe que para se constituir a peça (o processo) pega-se um pouco de tudo D. Constitucional, Direito Penal. Direito Processual (direito esse que foi esquecido nesse caso). Vejo que meus esclarecimentos a sociedade incomodou você (será que é porque tem fundamento?)

adv :: adv.@hotmail.com
187.24.70.13 :: 01-05-2010 :: 10:36:12
Ow coruja...sai do direito material e vai para a área processual antes de falar besteira!!!!

luto :: impunidadeatéqnd@hotmail.com
201.59.199.146 :: 29-04-2010 :: 11:51:46
esse canalha merece apodrecer na cadeia, por ter tirado o sonho, a vida não só do Arione como tbém dos familiares, da namorada e amigos... fico estarrecida com a justiça do nosso lugar!!! até qnd pessoas como esse maldito Jefferson circularão entre nós?

Chagas Neto :: detin14@hotmail.com
201.59.199.146 :: 29-04-2010 :: 10:14:16
Não entendemos a atitude do delegado.Já que sabia nome, endereço, identidade e CPF do acusado e dada a brutalidade do assassinato porque não pediu antes do depoimento a prisão preventiva. Isso é o que se chama de correr atrás do prejuízo. As demandas da sociedade exigem mais celeridade e inteligência.

coruja :: corujadajustica@hotmail.com
201.59.199.146 :: 28-04-2010 :: 16:30:28
o art.121 é bem claro matar alguém - pena de 6 a 20 anos No caso dele é crime qualificado nos incisos: II – por motivo fútil; IV – à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido; Pena de 12 a 30 anos. Como vocês vêem não tem justificativa

Vilma (Espanha) :: vilmorini@hotmail.com
79.109.187.134 :: 28-04-2010 :: 16:03:16
Como essa justiça é presumida, tiveram frente a esse monstro e agora corre atrás. Dá prá acreditar numa justiça dessa?; Isso se chama justiça ou o quê?. O povo tem que clamar seus direitos de cidadão prá se tomar uma atitude que deveria ser obrigaçao e responsabilidade do Estado. Pois saiba a justiça que esse disparo ñ só matou o jovem cabo, como matou tb nossa expectativa perante essa justiça tao injusta. Se a justiça ñ resolve, que decida o povo o destino deste lixo fantasiado de gente.

Wanda (España) :: wandamorini@hotmail.com
84.121.31.208 :: 28-04-2010 :: 15:17:00
espero que consigam prender esse vagabundo! covarde! canalha! monstro! bandido!!! olha a cara de bandido que tem esse maldito. tem que excluir esse peçonhento da sociedade, que apodreça no presidio, onde é seu lugar! e não desfilando de carro por ai! eu sinto muito pela familia e pelo jovem Arione. que Deus ilumine essa familia que teve a fatalidade de encontar pelo caminho, essa vibóra traiçoeira que atende pelo nome de Jefferson Moura Costa.

Outras desta mesma coluna:

15-01-2020 :: Vítima de assédio no bairro Junco é agredida pela esposa e filho do suspeito

15-01-2020 :: Polícia Militar de Picos recupera carreta roubada

15-01-2020 :: Para escapar da fiscalização, suspeito de contrabando diz que transportava biscoitos

13-01-2020 :: Carro do filho de prefeito de Elesbão Veloso é atingido por 12 tiros

13-01-2020 :: PRF em conjunto com 4º BPM durante operação vale do guaribas apreende 60 kg de cocaína

10-01-2020 :: Polícias param de divulgar nomes e fotos de presos após lei de abuso de autoridade entrar em vigor

09-01-2020 :: Lindomar Castilho nega “forças políticas” em exoneração do comandante de Picos

09-01-2020 :: Passagem de comando do 4º BPM é antecipada e ocorrerá hoje (09) em Teresina

07-01-2020 :: Aves silvestres são apreendidas em marcenaria em Picos

03-01-2020 :: Ministério Público do Piaui abre inquérito contra empresa após grave acidente matar passageiros

03-01-2020 :: homem é esfaqueado várias vezes durante tentativa de homicídio no Piauí

03-01-2020 :: PICOS | Áudio de comandante da PM que defende morte de bandidos gera divergências

30-12-2019 :: Homem é assassinado a tiros no Centro de Monsenhor Hipólito

30-12-2019 :: Familiares de empresário não reconhecem suspeito de crime e ele é liberado pela polícia

30-12-2019 :: Trio explode posto bancário, faz reféns e troca tiros com a polícia no interior do PI

[ Todas desta coluna ]

dario - dario otica kika - otica kika clinica popular - clinica popular procords - procordis

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.