Página Inicial

Siga-nos:

17.6.2019

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Municípios

NENÉM DE EDITE

Prefeito de Jaicós exonera comissionados indicados por apadrinhamento

O decreto foi assinado no último dia 31 de dezembro e pegou os servidores comissionados de surpresa

Por José Maria Barros  

05/01/2019

Foto: Danilo Bezerra

clique para ver a foto em tamanho real

Prefeito exonera comissionados indicados por apadrinhamento.

Alegando a necessidade de organização administrativa municipal e da execução financeira orçamentária, o prefeito de Jaicós, Ogilvan da Silva Oliveira, o Neném de Edite (PSD), exonerou de uma canetada só todos os servidores comissionados indicados por apadrinhamento político.

 

O decreto foi assinado no último dia 31 de dezembro e cópia publicada no Diário Oficial dos Municípios, edição de quinta-feira, 3 de janeiro. A partir desta data foram exonerados os titulares de cargos em comissão e de cargos de confiança do município de Jaicós, situado na região de Picos.

 

Ao assinar o decreto o prefeito Neném de Edite isentou de exoneração o Chefe de Gabinete e os secretários municipais da Educação, Finanças, Saúde, Assistência Social e Administração, além da diretora do Hospital Florisa Silva, diretora do Funprej – Fundo de Previdência de Jaicós e os membros da Comissão de Licitação.

 

Todos esses servidores são comissionados e foram indicados para os respectivos cargos por apadrinhamento político ou pela cota do gestor. No decreto, o prefeito Neném de Edite justifica que eles deverão permanecer nos respectivos cargos, tendo em vista a necessidade de continuação dos serviços públicos.

 

Prática comum

 

A exoneração no final do ano dos servidores comissionados indicados por apadrinhamento político é uma prática comum nos municípios piauienses. Os trabalhadores são afastados dois ou três meses e depois retornam a administração e a folha de pagamento até surgir um novo decreto.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

16-05-2019 :: Alerp homenageia mulheres com colares de "pérolas"

08-04-2019 :: Vários prefeitos já confirmaram presença na XXII Marcha em Defesa dos Municípios

05-04-2019 :: DER inicia obra para dar trafegabilidade à BR 316

30-03-2019 :: Vereadores de oposição solicitam mutirão de cirurgias eletivas

22-03-2019 :: TJ derruba bloqueio de R$ 10 milhões do governo para a PI-245 que liga Itainópolis a Picos

20-03-2019 :: Justiça bloqueia R$ 10 milhões do Piauí para retomada das obras da PI-245

15-03-2019 :: TCE-PI bloqueia as contas de 15 prefeituras municipais

15-03-2019 :: Themístocles anuncia concurso para a Assembleia Legislativa do Piauí

14-03-2019 :: Vigilância epidemiológica de Picos notifica casos suspeitos de caxumba

08-03-2019 :: Estrada de Santana do Piaui está intrafegável

08-03-2019 :: Prefeito de Picos contrata escritório jurídico sem licitação

27-02-2019 :: Zé Luis inaugura calçamento na Lagoa dos Félix

27-02-2019 :: Aeamp lança site em Picos

26-02-2019 :: Câmara de Picos gastará R$ 43.770,00 com aquisição de cartuchos

25-02-2019 :: Mãe de Afonsinho é nomeada para Assessora Especial da Câmara de Picos

[ Todas desta coluna ]

Alencauto - alencauto lamep - lamep breno - breno marquês frios - marquês frios

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.