Página Inicial

Siga-nos:

26.6.2019

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Brasil

DELAÇÃO

Palocci diz que Lula sabia da corrupção na Petrobras desde 2007

O relato do ex-ministro aponta, inclusive, locais onde o ex-presidente teria tratado pessoalmente da ocupação dos cargos na estatal: o 1º andar do Palácio do Planalto

Estadão Conteúdo  

01/10/2018

Foto: Ascom

clique para ver a foto em tamanho real

Lula sabia de corrupção na Petribras desde 2007.

Ex-ministro de Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, Antonio Palocci detalha, em delação premiada, o suposto esquema de propinas na Petrobras. A colaboração contém uma narrativa minuciosa e explica como foi montado o esquema de propinas e loteamento de cargos estratégicos para atender aos interesses de partidos políticos na estatal, a partir das indicações de Paulo Roberto Costa (Diretoria de Abastecimento) e de Renato Duque (Serviços).


O relato do ex-ministro aponta, inclusive, locais onde o ex-presidente teria tratado pessoalmente da ocupação dos cargos na estatal, o 1º andar do Palácio do Planalto.


“Em fevereiro de 2007, logo após sua reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva convocou o colaborador, à época deputado federal, ao Palácio da Alvorada, em ambiente reservado no primeiro andar, para, bastante irritado, dizer que havia tido ciência de que os diretores da Petrobrás Renato Duque e Paulo Roberto Costa estavam envolvidos em diversos crimes no âmbito das suas diretorias”, relatou Palocci.


Ainda segundo o ex-ministro, Lula indagou dele "se aquilo era verdade, tendo respondido afirmativamente".


“Que (Lula) então indagou ao colaborador quem era a pessoa responsável pela nomeação dos diretores; Que o colaborador afirmou que era o próprio Luiz INácio Lula da Silva o responsável pelas nomeações; Que também relembrou a Luiz Inácio Lula da Silva que ambos os diretores estavam agindo de acordo com parâmetros que já tinham sido definidos pelo próprio Partido dos Trabalhadores e pelo Partido Progressista”.


Palocci está preso desde setembro de 2016, alvo da Operação Omertà, desdobramento da Lava Jato. O juiz Moro o condenou em uma primeira ação a 12 anos e dois meses de reclusão.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

26-06-2019 :: Sasc assina convênio para emissão de Carteiras de Trabalho

26-06-2019 :: Câmara aprova texto-base de nova Lei de Licitações

17-06-2019 :: Deputados abortaram a nova Previdência”, diz ministro Paulo Guedes

17-06-2019 :: Governo acaba com obrigatoriedade de simulador para tirar carteira

05-06-2019 :: STJ determina que João de Deus, no hospital desde março, volte à prisão

13-05-2019 :: Stefhany Absoluta mais uma vez passa vergonha no Programa Silvio Santos

09-05-2019 :: Determina que Michel Temer e Coronel Lima voltem à prisão

26-04-2019 :: *Percentual de presos estudando no Piauí é o maior do Brasil

22-04-2019 :: Eventos do setor elétrico terão investimento de 1,5 mi de reais da Eletrobrás

14-03-2019 :: Piauienses nascidos em maio e junho têm R$ 28,6 mi para receber do PIS

13-03-2019 :: CPF vira documento único para acessar informações e benefícios do governo

16-02-2019 :: Proposta classifica nepotismo como improbidade administrativa

13-02-2019 :: Atriz e cantora Bibi Ferreira morre aos 96 anos

13-02-2019 :: Casal Ciro e Iracema já recebeu R$ 555 mil de auxílio-moradia

11-02-2019 :: Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero

[ Todas desta coluna ]

lamep - lamep procords - procordis marquês frios - marquês frios Alencauto - alencauto

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.