Página Inicial

Siga-nos:

18.1.2019

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Locais

IMPASSE

Sindicato e patrões divergem e novo salário base dos comerciários de Picos permanece indefinido

Após três reuniões comerciários e patrões não chegaram a um acordo sobre salário base dos trabalhadores

Por José Maria Barros  

18/01/2019

Foto: Ascom da Associação Comercial.

clique para ver a foto em tamanho real

Sindicato dos comerciários e patrões não chegam a acordo.

Após três reuniões o Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Picos (Sintracs) e a classe patronal não chegaram a um acordo e, por isso, o novo salário base dos comerciários continua indefinido.

           

Uma nova rodada de negociações está prevista para as 10 horas da manhã desta sexta-feira, 18, e mais uma vez as duas partes irão buscar o entendimento para fechar a convenção coletiva.

           

Segundo o presidente do Sintracs, Marcos Holanda, a primeira proposta apresentada aos empresários foi de um salário base de R$ 1.120,00 mensais para os comerciários, mas foi rejeitada.

           

“Nós diminuímos esse valor para R$ 1.107,00 e mesmo assim eles não aceitaram. Agora é voltar à mesa de negociação para garantir que os trabalhadores não tenham perdas maiores” – afirmou Marcos Holanda.

           

Segundo ele, se o impasse persistir as duas partes perdem, pois, existem empresas que têm um funcionamento diferenciado. São aquelas que abrem aos domingos e também nos feriados.

           

O sindicalista argumentou ainda que ao longo dos últimos dez anos os comerciários de Picos sempre tiveram um reajuste salarial dois ou três por cento, acima do percentual de aumento concedido pelo governo federal no salário mínimo.

           

“O governo federal deu esse ano um percentual de aumento de 4,6% no salário mínimo, nós já estamos chegando quase que a esse índice, que é uma perda para os trabalhadores e, mesmo assim eles [empresários] não aceitaram” – pontuou.

           

Durante as negociações, os representantes dos empresários têm alegado que o salário dos comerciários de Picos é alto, maior, por exemplo, do que o de Teresina, Parnaíba e Floriano.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

18-01-2019 :: Sindicato e patrões divergem e novo salário base dos comerciários de Picos permanece indefinido

12-01-2019 :: Coronel José Freire assume comando do 3º BEC

09-01-2019 :: Reforma da escola Miguel Lidiano se arrasta há mais de quatro anos

07-01-2019 :: Sindicato reivindica salário base de 1.120 reais para comerciários de Picos

28-12-2018 :: Diocese de Picos celebra ordenação de dois novos diáconos

21-12-2018 :: UBS do Canto da Várzea está abandonada há mais de quatro anos

14-12-2018 :: Mury Campos ministra palestra motivacional em Picos

13-12-2018 :: Meio Ambiente de Picos proíbe uso de microfone em carros de som

13-12-2018 :: Edêniton é eleito presidente da ASPENP

13-12-2018 :: Aspenp comemora dia do engenheiro

05-12-2018 :: Pane em semáforo provoca confusão no trânsito de Picos

05-12-2018 :: Enxurrada de lama e entulho invade rua de Passagem das Pedras

02-12-2018 :: Organização muda local e SaliVag termina sendo um fiasco

29-11-2018 :: Começa programação do 6º Salão de Livros do Vale do Guaribas

24-11-2018 :: Candidatos a presidente da OAB de Picos mostram confiança na vitória

[ Todas desta coluna ]

Clínica Picoense  - Clínicas picoensw edilson madereira - edilson madereira Prefeitura Municipal de Picos - Prefeitura Municipal de Picos - Site Oficial dr.bezerrinha - dr.bezerrinha aaaa chaguinha - aaaa chaguinha marquês frios - marquês frios Colégio Machado de Assis  - Machado de Assis edilson constutora  - edilson constutora

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.